mockup who?

alô publicitários, designers, fashionistas, ilustradores, artistas e simpatizantes: dedico pra vocês.

essa ideia começou a nascer em junho de 2018, num impulso criativo que deu no que deu: pariu isso daqui. após pedir demissão de um emprego em outubro de 2017 para tirar os seus projetos do papel, o idealizador da ideia (eu mesmo, @folipesantos, que por sinal está se sentindo um nojo escrevendo em terceira pessoa e usando a palavra 'idealizador'), decidiu integrar os seus negócios e prazeres em uma única ideia.
-
a mistura do interesse por moda + paixão por criação & criatividade + amor pelo design & comunicação  + dificuldades em achar camisetas que representassem o seu mundo + cara e coragem pra iniciar mais um projeto além da moluscool, resultou nessa marca que vocês estão lendo pra saber se vale a pena comprar.
-
 

quem entendeu o nome bate palmas, quem não entendeu paciência keep reading.

a palavra mockup pode ter vários significados. maquete, modelo, réplica, experimento, teste, demonstrativo, etc. mas no mundo da criação, o seu significado é bem específico. nesse caso, o mockup é um arquivo utilizado por criativos, onde você place your design nele e consegue visualizar como seria o resultado final da sua arte. dá pra fazer com cartão de visita, papel timbrado, envolope e até mesmo com (pasme) camisetas.

mais ou menos assim, só que melhor

 -

a diferença é que aqui na mockupshop, as criações não ficam apenas em um arquivo.psd. elas se transformam em produtos de design criados exclusivamente pra quem veste a camisa desse universo criativo que a gente ama.  

 -

design alternativo e contemporâneo, pegada artística com um toque fashion, essência minimalista, mas com referências nada simples: prazer, essa é a nossa essência.

tudo isso é produzido artesanalmente

trabalho artesanal: um job que precisa de aprovação em cada detalhe para evitar alterações futuras. da criação das estampas à escolha do tecido, do acompanhamento do silk até a produção de etiquetas, da organização dos produtos até a produção de fotos.
é tanta coisa pra fazer que nem cabe nesse cartaz. 
-
mão de obra com produtores locais: ou seja, controle total de todos os processos de produção e de quem produz as camisetas.
escravidão? aqui não. 
-
produção limitada: aquela história de moda consciente, né. poucas peças produzidas no mundo, menos desperdício, menos estoque e menos chances de dois corpos usarem a mesma brusa no mesmo espaço ao mesmo tempo. eu ouvi lei de newton?
-
modelagem genderless e exclusiva: as nossas t-shirts são do tipo slim-fit-que-não-aperta-apenas-modela-suavemente. ela foi pensada para todxs, que veste bem em corpos 72dpi até 300dpi. (do P ao EGG para leigos rs). 

 

e eu tenho como provar. 

a mockupshop tem um especialista exclusivo para acompanhar todas as etapas de produção. como ele é muito profissional e não gosta de bagunça, ele é um pouco tímido na frente da câmera, mas tentei capturar alguns momentos desse processo de produção.

e o resultado não poderia ser diferente: cuidado em todos os detalhes 

acho podre de chique uma etiqueta com a logo da marca, então fiz questão de fazer. também temos um acabamento impecável, reforço no ombro e uma tag personalizada para cada modelo, pois não é todo mundo que é obrigado a adivinhar as referências desse mundo crazy. 

 

e a história do boneco? 

pois então, menina. a história é meio bizarra. lembro que eu estava na fase do desespero, tentando encontrar o conceito da marca e um possível símbolo que pudesse ser desdobrado não só nos materiais visuais, mas no processo de construção da marca (o famoso branding). 

e foi nessa fase que eu sonhei que o dia da primeira ação da marca no pixel show tinha chegado. no sonho, eu estava conversando tranquilamente com esse boneco em tamanho real, como se fosse algo normal, assim como é normal as vacas voarem e o cliente aprovar tudo de primeira rs. 

e foi assim que a ideia nasceu. o queridinho dos criativos (principalmente ilustradores) se tornou o principal personagem da marca por ser genderless e sem padrões, representar a criatividade, ser versátil e, modéstia parte, ser muito fashion.